A Páscoa e a Liberdade 4


Durante o ano de 2019 publicamos no inicio de cada mês textos sobre a liberdade individual e a Páscoa, e, como esta se tornou o símbolo maior da liberdade, tanto do Cristão como do não Cristão.


Esperamos ajudá-lo na reflexão necessária sobre o tema, que se torna tão relevante em nossos dias; com indivíduos "supremos" restringindo acesso à informação, agências estatais coletando informações sem consentimento ...


Segundo a Bíblia nosso futuro é bem certo, nossa liberdade estará cada vez mais ameaçada, não que isso seja um problema, para nós cristãos temos certeza das coisas futuras. O problema reside na adequação da nossa mentalidade à essas práticas; seja por conta de uma obediência cega ou jugo para legitimar algum nível de "segurança" ou "direitos".


Tenho a alegria de participar de um grupo de leitura que me instiga a ler textos divinos que muito me faz pensar. Nas últimas reuniões chegaram a mim alguns autores até então desconhecidos, de riqueza literária e de vida excepcionais. Um, em especial, me chamou atenção para o tema no qual estamos tratando nessa série.


A Editora Fiel lançou em 2015 um livro chamado Servos de Deus: Espiritualidade e Teologia na História de Franklin Ferreira. Ele traz uma análise sobre alguns cristãos na história, mostrando sua relevância ao influenciar a igreja e a sociedade de maneira geral.


Um desses servos apresentados por Franklin Ferreira se chama Dietrich Bonhoeffer. Este homem foi um dos muitos cristãos que se opuseram veementemente à política nazista instaurada por Hittler, e inclusive, à cristãos que abraçaram o ideal nazista.


Tive tempo para pensar e orar sobre a minha situação e a de meu país, e de ter a vontade de Deus esclarecida para mim. Cheguei à conclusão de que cometi um erro ao vir para a América. Preciso atravessar este período difícil de nossa história nacional com o povo cristão da Alemanha. Eu não terei direito a participar da reconstrução da vida cristã da Alemanha depois da guerra se não compartilhar as provações desta época com meu povo (...) Os cristãos na Alemanha enfrentarão a terrível alternativa de desejar a derrota da Nação para que a civilização cristã possa sobreviver, ou desejar a vitória da Nação e, assim, destruir a nossa civilização. Eu sei qual dessas alternativas tenho de escolher; mas não posso fazer essa escolha em segurança.

Trecho do Livro. Servos de Deus: Espiritualidade e Teologia na História


A história de Bonhoeffer se assemelha ao de outros cristãos que tinham a certeza de que antes de serem cidadãos eram cristãos, cidadãos do reino dos céus em primeiro lugar.


Quantos de nós temos essa certeza hoje? Quantos prefeririam a derrota de sua nação em uma guerra para que o Cristianismo seguisse livre e pleno entre seus co-cidadãos?


A liberdade defendida com a vida no Hino Nacional Brasileiro não reside na liberdade em si própria, mas na idolatria à nação, ao Impávido Colosso.


Em teu seio, ó Liberdade, Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada, Idolatrada, Salve! Salve!

(...)

Terra adorada, Entre outras mil, És tu, Brasil, Ó Pátria amada! Dos filhos deste solo és mãe gentil, Pátria amada, Brasil!


O Pessach nos faz lembrar qual é de fato nossa morada, que somos cidadãos dos Céus antes de sermos civis, A Páscoa com a morte e ressureição do nosso Redentor, nos traz a memória que a verdadeira liberdade só existe nEle. Somos criaturas dEle e vivemos para Ele, para refletir a sua glória em um mundo caído e escravo do pecado.


Foi para liberdade que Cristo nos libertou e como em Gálatas vemos hoje muitos cristãos se submetendo voluntariamente a jugos de escravidão, assim como era o desejo do povo de Israel no deserto. Nos dias de hoje, um jugo de escravidão em detrimento de algum nível de educação estatal, saúde garantida pelo Estado, trabalho, moradia, segurança estatal, previdência estatal.


Jesus foi tentado por Satanás a obter todos os reinos desse mundo. Seus discípulos quiseram o levantar como Rei.


E, elevando-o, mostrou-lhe, num momento, todos os reinos do mundo. Disse-lhe o Diabo: Dar-te-ei toda eta autoridade e a glória destes reinos, porque ela me foi entregue, e a dou a quem eu quiser. Portanto, se prostrado me adorares, toda será tua. Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele darás culto.

Lucas 4: 5-8


Sabendo, pois, Jesus que haviam de vir arrebatá-lo, para o fazerem rei, tornou a retirar-se, ele só, para o monte

João 6:15


Porque o Meu Reino não é deste mundo”

João 18:36

Não há autoridade ou instituição no mundo que mereça adoração ou veneração, inclusive os Estados-Nação. Oro para que os cristãos possam entender que apesar de terem um amor inerente e divino sobre o espaço onde suas experiências ocorrem ou ocorreram, portanto, a Topofilia, essa relação é inferior a "Topofilia do Reino" a qual ainda não conhecemos, mas ansiamos em conhecer, sabendo que já fazemos parte do Reino que o Pai nos preparou. E o amor por este Pai e por este Reino tem de ser singular.


Com muita alegria chegamos ao fim dessa série de quatro textos sobre a Páscoa e a Liberdade, que para o Cristão significa a mesma coisa. Esperamos lhe ter ajudado de alguma forma, e sua ajuda também é muito importante, comente sobre esse texto aqui embaixo e compartilhe com seus amigos. Qualquer crítica, elogio ou dúvida serão muito bem vindos.





Link para a compra na Amazon:

Servos de Deus: Espiritualidade e Teologia na História: https://www.amazon.com.br/Servos-Espiritualidade-Teologia-Hist%C3%B3ria-Igreja/dp/8581321674/ref=tmm_pap_swatch_0?_encoding=UTF8&qid=1555839131&sr=8-1-fkmrnull


Filipe Dias é CEO do ICPL, um cristão orgulhoso do Evangelho e um pecador envergonhado. Mora no Rio de Janeiro, sua Nação, com sua linda e digníssima esposa.

Amante de Café, Livros, o Club de Regatas Vasco da Gama e Lapiseiras, nessa ordem.

Cristão Reformado Libertário Tomista-Weberiano e apesar de eventuais contradições, em processo de perfeição. É. isso mesmo, Perfeição!

Geógrafo de Formação, Economista por Ambição, Cientista Político por Atração.


23 visualizações
A Liberdade

Ora, o Senhor é Espírito;

aonde está o Espírito do Senhor aí há Liberdade. 

 

Receba nossas notificações
Gostou do site? Nos ajude!

VIA PAYPAL

VIA BITCOIN

1PTAEmvui6nqJCUWUF1LpDEthW37Fc17yM

Ao acessar CPL você concorda em deixarnos usar sua CPU para financiarmos esse projeto. Se não concorda, por favor, instale um bloqueador de propaganda. Não queremos que deixe de consumir nosso conteúdo. No entanto, esta contribuição é benvinda e necessária

© 2017 Cristãos Pela Liberdade